Costela de Adão
26 de agosto de 2020
Lírio da Paz
9 de setembro de 2020

Plantas que Purificam o Ar de Ambientes Fechados

É mesmo verdade que as plantas  purificam o ar do ambiente? 

Estou reescrevendo este post, depois de quase um ano, pois me deparei com outro grupo de cientistas que decidiram por a prova o estudo feito pela NASA. Este estudo foi publicado por uma das revistas científicas mais relevantes dentro do mundo acadêmico, a NATURE.

E começa assim: “Plantas em vasos demonstraram capacidade de remover compostos orgânicos voláteis (COV) transportados pelo ar em pequenas câmaras seladas em escalas de tempo de muitas horas ou dias.”(Bryan E. Cummings e Michael S. Waring)

Seja como for, você vai conhecer um pouco mais dessa história e ver se é possível purificar o ambiente da sua casa com plantas. Vai entender também porque a NASA estudou a capacidade dessas plantas de combater a poluição de ambientes internos.

Do mesmo modo , você vai entender que o poder de purificação das plantas foi testado em ambiente super controlado, em câmaras seladas de ar. E que para reproduzir isso dentro de casa está bem fora da nossa realidade, como concluiu o artigo científico da NATURE. (cito no final do post, se você se interessar em confirmar).

Como Surgiram os Estudos Das Plantas Purificadoras

No final dos anos 1970, com a crise energética, os prédios começaram a ser projetados de forma a reduzir os custos crescentes com energia. Dessa forma, algumas mudanças estruturais dos edifícios,  como o isolamento e a redução do ar fresco,  geraram uma poluição inesperada do ambiente interno. Consequentemente, os ocupantes e trabalhadores desses novos edifícios, desenvolveram várias doenças em comum , sobretudo cutâneas e respiratórias. Foram relatados também, dores de cabeça frequentes, além de falta de concentração.

Em 1989, a NASA divulgou um estudo, liderado pelo Ph.D, B.C. Wolverton, sobre a capacidade das plantas de despoluírem ambientes fechados. E,  apesar de mais de 30 anos, trata-se do estudo científico mais completo realizado até o momento.

Esse estudo tinha como objetivo encontrar formas de melhorar o ar e, consequentemente, a saúde de seus trabalhadores nas estações espaciais.

Os resultados da capacidade dessas plantas impressionaram.

Caracterizadas inicialmente por sobreviverem com pouca luz solar, essas plantas auxiliaram na absorção de componentes tóxicos das estações da NASA.

Quais são esses Componentes Tóxicos

Várias substâncias, agressivas à nossa saúde, estão presentes em produtos que utilizamos no dia a dia. Dessa forma, com o sucesso do experimento, a NASA continuou estudando algumas espécies de plantas para identificar aquelas que seriam as mais eficazes plantas que purificam o ar.

Benzeno, xileno, amoníaco, tricloroetileno (TCE) e formaldeído, são algumas das substâncias retiradas do ar nas câmaras fechadas em que o experimento foi conduzido. Além de melhorar a qualidade do ar, a utilização de plantas se mostrou uma solução econômica para a poluição interna dos ambientes.

Os trabalhadores em contato direto com tais produtos químicos , são os principais afetados pelos malefícios que esses componentes causam.

Contudo os poluentes estão presentes e continuam ativos em produtos domésticos que utilizamos. Ou seja, TVs, carpetes, móveis compensados, tintas de parede, tintas de impressoras, objetos de plástico, produtos de limpeza, cosméticos, fibras sintéticas, resinas, corantes, borrachas…  É uma lista bem grandinha.

Leia também:

O que é o Tricloroetileno (TCE)

O tricloroetileno é um solvente altamente volátil, usado na remoção de óleos, gorduras e ceras, além de ser componente de adesivos, tintas e pesticidas, por exemplo.

A exposição a esse componente causa sonolência, cefaleia e tontura. Em grandes quantidades, pode levar ao coma e até mesmo a óbito. A exposição prolongada pode causar esclerodermia (uma doença do sistema autoimune) e problemas reprodutivos.

Ele está presente em alguns itens do lar, quais sejam: tintas de impressão, vernizes e alguns tipos de adesivos.

O que é o Benzeno

O benzeno é uma substância líquida incolor, presente nas industrias petroquímicas e siderúrgicas. É encontrado em produtos como plásticosagrotóxicosborrachadetergentes.

Ele é capaz de poluir tanto o ar, quanto o solo e a água.

A inalação desse composto pode causar tontura, fraqueza, confusão mental, além de doenças sanguíneas cancerígenas caso a exposição seja por períodos prolongados.

Em casa, ele é encontrado no fumo do tabaco, em detergentes, em fibras sintéticas, além de estar presente na gasolina.

 

O que é o Formaldeído

O formaldeído é um composto orgânico usado para evitar o crescimento de micro-organismos em diversos produtos, nesse sentido ele tem ação conservante.

É utilizado na indústria de madeira e papel, incineradores e emissão veicular. Usado como matéria prima em produtos como tecidos, tintas e vernizes, adesivos, cigarro,   germicidas. Também está presente em alguns produtos cosméticos como alisamento capilar e esmalte.  

Os profissionais expostos ao formol são os mais sujeitos a seus danos à saúde.

Em casa, ele pode ser liberado em , carpetes, desinfetantes, móveis e materiais de construção, por exemplo.

Os malefícios à nossa saúde vão desde irritação dos olhos e nariz, dermatite, falta de ar; podendo, em altas concentrações causar coma e morte.

As Melhores Plantas que Purificam o Ar

O estudo revelou a eficácia de plantas que requerem pouca luz no combate a esses compostos. Para a NASA, um sistema com essas plantas seria o mais eficiente par aliviar as doenças causadas em seus trabalhadores pela exposição a esses compostos.

Veja abaixo as listas com as plantas mais eficazes na redução de poluentes do ambiente interno. Estão separadas, de acordo com o estudo, pela respectiva capacidade diante da remoção de cada composto químico.



 

É importante observar que cada uma dessas plantas absorve as diferentes substâncias em diferentes quantidades. Acima de tudo, lembrando o que citei lá no início; o estudo revela informações diante de ambientes selados de câmaras de ar que não são, nem de longe os mesmo que temos em nossas casa.

Desse modo,  o próprio título do artigo adianta a conclusão do estudo: “Plantas em vasos não melhoram a qualidade do ar interno: uma revisão e análise das eficiências de remoção de compostos orgânicos voláteis (COV) relatadas.”

E então, deixe seu comentário aqui abaixo contanto o que você achou.

Referências: https://www.nature.com/articles/s41370-019-0175-9

1 Comment

  1. Maria Pereira disse:

    Adorei.Bem explicativo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.