Rosa do Deserto
19 de agosto de 2020
plantas que purificam o ar
Plantas que Purificam o Ar
2 de setembro de 2020

Como Cuidar da Tropicalíssima Costela de Adão

Exuberante. Não existe outra palavra para descrever a folhagem da Costela-de-adão. Super fácil de cuidar e adaptável ao plantio na água, essa planta vai transformar o seu ambiente

A costela-de-adão é uma planta linda, capaz de transformar um ambiente com sua folhagem de desenho único.

Além de se adaptar super bem a ambientes internos, sem incidência direta de luz, essa planta, ainda assim, consegue se desenvolver bem com cuidados simples.

Descubra como mantê-la saudável sem ter muito trabalho.

Monstera Deliciosa
foto:@pauliineley

Curiosidades sobre a Costela-de-adão

Por muito tempo, a costela-de-adão foi uma planta popular apenas dos quintais de casas do Brasil e de outros países da América Latina.

Hoje, contudo, essa planta foi descoberta pelo mundo da decoração, e é cobiçada não apenas para fazer parte do ambiente em sua forma natural, mas também, incansavelmente reproduzida em estampas que alegram a casa. Certamente, você já deve ter visto almofadas, xícaras ou quadros com as figuras da costela-de-adão.

O lindo recorte distribuído pelas  folhas, segundo os cientistas, serve para facilitar a passagem e o escoamento da água no período de chuvas. Permitindo assim, que suas folhas não fiquem danificadas.

Há muitas variedades da costela-de-adão. Conhecida também pelo seu nome científico, Monstera deliciosa, e originária das florestas tropicais do México. Na natureza, ela pode dar um fruto saboroso, que se assemelha ao formato de uma espiga de milho. E, dizem, o sabor é uma mistura de banana, manga e abacaxi.

Por outro lado, todo o restante da planta é tóxica. Portanto, tenha cuidado com o manuseio. Os níveis de toxicidade podem variar em cada tipo da planta.

Ilustração Monstera
Ilustração de Aaron Apsley

Plantando a Muda de Costela-de-adão

Para fazer uma muda da costela-de-adão, é bem fácil.

Basta cortar um talo das várias raízes externas que a planta possui.

Depois disso, há alguns passos simples para que a muda se desenvolva e vire uma planta saudável e bonita. Veja só:

  1. Use luvas. A costela-de-adão é tóxica;
  2. Escolha um local com menos luz para o plantio. Se for plantar em vaso, escolha um grande, pois essa planta precisa de bastante espaço e se reproduz bem rápido;
  3. Coloque areia no fundo e/ou algum cascalho;
  4. Escolha algum composto orgânico ou húmus de minhoca que forneça os nutrientes necessários à planta;
  5. Centralize a muda e enterre as raízes;
  6. Regue diariamente enquanto a planta está crescendo para que ela se desenvolva. Tome cuidado para não encharcar demais o solo – basta que esteja úmido.

Uma recomendação é cortar as hastes e galhos sempre que estiverem muito grandes. Essa é uma planta que se desenvolve muito rápido.  Então fique atento se for plantá-la em vaso. É provável que em pouco tempo precise transplantá-la para um vaso maior.

Leia também:

Costela de adão
foto:@kala.plantasurbanas

Cuidados com a Costela-de-adão

É uma planta tropical que tem fácil cultivo em todo o território brasileiro, inclusive com boa tolerância a  temperaturas mais baixas.

A costela-de-adão precisa de uma boa quantidade de nutrientes para se desenvolver. Para isso, utilize um adubo orgânico, humus de minhoca ou esterco.

Você pode também colocar algum fertilizante NPK 10-10-10 para impulsionar o desenvolvimento de suas lindas folhas verdes durante a primavera. A adubação pode ser feita de 3 em 3 meses.

Costela de Adão em vaso grande
foto:@foliagedreams

Luminosidade

O contato indireto com o sol já é o suficiente para a costela-de-adão. Tente reproduzir seu ambiente natural buscando lugares sombreados para que a planta possa crescer saudável.

Apesar de não gostarem de sol direto, elas necessitam de muita luminosidade, então, dentro de casa, escolha os locais mais perto das janelas ou varandas. Ainda assim, o sol da manhã ou do fim da tarde vai fazer muito bem à sua planta.

foto@apto404vix

Como regar a Costela-de-adão

Observe sempre o solo. Em épocas frias, a rega não precisa ser diária.

Se você mora em regiões mais secas e quentes, tenha uma frequência maior de regas.

Ademais, você também pode limpar as folhas com um pano de algodão úmido. Além de ficarem mais bonitas, evita o seu ressecamento.

foto:@kate_e_did_plants

Cultivo na Água

A costela-de-adão é uma planta que se adapta bem ao plantio na água, mas exige alguns cuidados.

Para isso, lave bem as mudas e escolha um vaso grande, que comporte seu crescimento. Para o desenvolvimento na água, essa planta exige mais luz do que para o plantio na terra.

Além disso, troque a água e lave o recipiente em no máximo 7 dias para que a planta não apodreça.

Outra dica é para aqueles que já possuem uma costela-de-adão: ao fazer a poda dos galhos que já estão muito grandes, você pode colocar os mais bonitos na água.

Para que eles durem por alguns longos dias, no entanto, coloque algumas gotas de água sanitária. Enfim, suas folhas maravilhosas darão um charme todo especial à sua decoração.

Veja Boas Ideias de Decoração do Instagram com a Costela-de-adão

Costela de Adão vaso palha
foto:@xicana_tropicana
foto:@plantsxtravels
foto:@rafaruizp1990
@jon_pl_a_nts
@indoorplantsdecor

2 Comments

  1. Eliane Orphao disse:

    Bom dia!
    A minha planta amarelou as folhas e eu cortei. Existe possibilidade de brotarem novamente? Porque existe uma batata no fundo do vaso

    • Casa Maria Lucia disse:

      Olá Eliane! O amarelamento das folhas pode ter várias razões. Pode ser tanto o excesso de rega por exemplo, como também a falta de água. Mas também pode ser falta de nutrientes, entre outras coisas. Analise para ver o que houve com sua planta. Mas continue cuidando dessa batatinha que restou. Se ela estiver saudável, provavelmente vai brotar novamente. Lembre-se que a Costela-de-adão precisa de muita luz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.