10 Espaços para Manter a Organização Diária
23 de fevereiro de 2021
A Jardinagem como um Negócio
29 de março de 2021
As Dracenas são plantas de folhagens lindíssimas e que se adatam super bem dentro casa. São mais de 200 tipos diferentes com variedade de cores e características. Você vai encontrar aqui 4 espécies que são de fácil cultivo e vão deixar sua casa mais linda.

Dracena Reflexa

Dracaena Reflexa – Pleomele – Pleomele reflexa

dracaena reflexa

A Dracena Reflexa é apreciada pela beleza de sua folhagem. Ramos cheios e com cores variegatas. São um espetáculo.

Adapta-se super bem tanto plantada em jardins assim como planta de interior.

Pode atingir cerca de 3 metros de altura ao ar livre.  Contudo, dentro de casa, em vasos, seu crescimento é mais lento.

Gosta de ambientes bem iluminados. Podendo ser cultivada tanto a sol pleno, meia-sombra ou sombra. Em ambiente internos, com luz difusa, preserva o contraste das cores das folhas variegadas. Já sua espécie com tom verde de folhas suporta melhor o sol pleno.

Por ser uma planta tipicamente tropical de floresta quente e úmida, não suporta climas frios com temperaturas abaixo de 10º C.

O solo deve ser bem drenado com o cuidado de não deixar a água estagnada.

Fique atento às pragas; as mais comuns são as cochonilhas que podem ser tratadas com álcool ou mistura de água e sabão.

Bambu-da-sorte

Dracaena sanderiana  Dracaena braunii – Dracena fita

bambu da sorte

imagem: amazon

O Bambu-da-sorte é muito conhecido como a planta que traz sorte, felicidade, prosperidade, amor e saúde. É oferecida como presente, e dependendo do número de hastes, representam determinadas fortunas.

Você já deve ter visto algum cultivo do Bambu-da-sorte em água. É o mais comum, pois combina com diversos ambientes de decoração. Porém sua vida é mais longa se plantada na terra.

Se quiser o bambo-da-sorte cultivado na água tenha o cuidado de trocá-la uma vez por semana. As Dracenas são muito sensíveis ao cloro, que está presente tanto na nossa água filtrada como na da torneira. Apenas deixe a água descansar por 24 horas em uma vasilha destampada, para que o cloro evapore e, fique boa para rega.

Se escolher cultivar em vaso, utilize cascalho, telha quebrada ou pedras de argila no fundo para garantir a drenagem perfeita. O solo deve ser enriquecido e poroso.

Não exagere nas regas, pois suas raízes não devem ficar encharcadas. Espere até que o substrato esteja seco na parte superior do vaso para então fazer a próxima rega.

 

Dracena Marginata

Dracaena marginata –  Dracaena de madagascar

dracaena marginata

imagem: thetutuguru.com.au/

O formato da Dracena Marginata é bastante decorativo, e quando adulta, suas touceiras com troncos finos fazem presença em salas e escritórios. É considerada uma variedade da Dracaena Reflexa, nativa de Madagascar.

Hoje é bastante comum encontrar a Marginata em ambientes internos, seus caules são finos e longos e suas folhas, também longas, são estreitas e terminam em pontas.

Você verá várias cores da Dracaena Marginata: a bicolor, em creme e marfim, a tricolor com folhas riscadas em creme ou amarelo e avermelhadas e a Colorama com as margens rosa ou avermelhadas.

Água somente quando o solo já estiver seco depois da última rega. E com o mesmo cuidado das outras Dracaenas, observando para não ensopar as raízes.

Para manter suas folhas bonitas e com cores vivas passe, se necessário, um pano umedecido em água.

O crescimento é lento, porém a cada dois ou três anos faça o replantio para outro vaso, que seja um tamanho maior.

Use a argila expandida no fundo e mantenha o solo bem drenado. E com o mesmo cuidado das outras Dracaenas, ou seja, observando se o solo tem bom escoamento de água, para que as raízes não fiquem ensopadas.

Se você quiser controlar o crescimento, faça a poda na altura. Coloque uma pasta cicatrizante no local do corte. Em alguns meses surgirão novos brotos. Sua planta vai ficar mais cheia e ramificada.

Aproveite a parte cortada para fazer uma nova muda.

Dracena Fragrans

Dracaena Fragrans  – Pau-dágua – Dracena

dracaena fragrans

imagem: hortology.co.uk/

A Dracaena Fragrans é a mais resistente das Dracaenas e a mais fácil de cuidar. Talvez por isso mesmo, é bastante utilizada como planta de interior.

Nativa da África, suas folhas são largas, grandes e muito vistosas. Geralmente surgem de um tronco simples. Formam rosetas volumosas nas pontas dos ramos, conferindo a beleza da planta.

Você vai encontrar outros cultivares da Dracaena reflexa com folhas variadas, como a Janet Craig, Compacta, Lemon Lime, Warneckii, Bausei , entre outras. Em muitos casos a diferença entre uma e outra é mínima.

Aceita o cultivo tanto em sol pleno quanto em ambientes de sombra total. Em locais com ar condicionado, fique atento aos sinais de secura que podem surgir, como por exemplo as pontas secas. Nesse caso mantenha borrifadas de água em suas folhas.

Sua floração é perfumada, porém em ambientes internos, é recomendado a poda das flores já que puxam grande energia da planta como um todo.

A dracaena fragrans gosta do solo bem drenado porém frequentemente úmido. Então, suas regas são mais frequentes.

 

Já tem alguma Dracena em casa? Sua Dracena também está em ambiente interno ? Conta aqui para gente sua experiência.

2 Comments

  1. Iolanda Castro disse:

    Tenho a Dracena fragans, no momento estou tentando cultiva lá em água,já tem uma semana e vai indo bem, será que vai dar certo?
    Gostaria de saber quais plantas se pode cultivar em água.
    Obrigada.

  2. Beatriz Doblado Bernal disse:

    Hola buenos días, hace un mes me compré en Lanzarote un tronco de la suerte y me dijeron que lo metiera en un cacharro con agua 2,o 3cm de agua, ya está floreciendo por un lado, mi pregunta es, debo de pasarlo a una maceta con arena o qué debo hacer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.