Horta orgânica em apartamento: como iniciar o cultivo de hortaliças

como replantar
Como Replantar suas Plantas de Interior
18 de novembro de 2021
como cuidar das orquídeas cattleya
Como Cuidar Das Orquídeas Cattleya
17 de dezembro de 2021

Que tal comer alimentos mais saudáveis e sem agrotóxicos? Esse certamente é o maior benefício quando decidimos dar início a nossa própria horta orgânica em apartamento. O local deve ser o mais iluminado possível. Como na sua varanda, na janela da cozinha ou ainda em algum cantinho especial.

Alguns preparativos e cuidados são necessários para iniciar a sua horta. Com esse passo a passo, em pouco tempo você já poderá colher hortaliças fresquinhas.

Não se preocupe com espaço disponível, pois a horta em apartamento é adaptável a qualquer lugar, desde que tenha ventilação e iluminação. Veja abaixo algumas ideias criativas:

Escolhendo o Local da Horta Orgânica​

O primeiro passo é escolher um espaço onde tenha luz solar. O ideal é que esse espaço receba a luz do sol pela manhã ou fim da tarde. Não se recomendam locais em que as hortaliças fiquem expostas ao sol o dia todo, pois algumas plantas são mais sensíveis. 

Se o seu apartamento não tem acesso a luz direta do sol, não tem problema. As plantas acabam se adaptando. Elas “aprendem” a receber somente a luz difusa do sol. Vamos então ver algumas dicas abaixo.

Definindo as Hortaliças​

Para o resultado da sua horta orgânica ser mais breve você pode começar com algumas hortaliças que crescem mais rapidamente. Além disso, são menos propensas às pragas e boas companheiras para outras espécies.

  • Rabanete: não só suas raízes são comestíveis como também as folhas. Poucos exigentes com relação aos nutrientes. Colheita após 3 ou 4 semanas.
  • Alface: grande variedade de cores e formas. Podem ser cultivadas o ano todo além de crescerem muito rapidamente. Colhendo apenas folhas individuais, a alface pode crescer novamente. Colheita após 3 ou 4 semanas logo após a semeadura.
  • Acelga: em muitas cores, são tão bonitas que podem estar na sua horta bem como no seu canteiro de flores. Requer poucos cuidados e é resistente às pragas. Também pode ser colhida por folhas externas e sempre crescerão novamente. De 10 a 12 semanas para colheita.
  • Cebolinhas: uma vez semeadas, elas sempre voltam a crescer. Além disso, as flores, que surgem no verão também são comestíveis. Em 3 ou 4 anos você pode desenterrar a planta e dividi-la. Colheita em 70 ou 90 dias.
  • Abobrinha: sua produção é exuberante e podem ser comidas até mesmo quando ainda jovens. Sua colheita demora aproximadamente 10 a 12 semanas.
  • Agrião: de baixo teor calórico, suas folhas tem gosto levemente picante e o talo crocante. Se desenvolvem muito rapidamente. Pode ser cultivado por vários anos. Colheita após 40 ou 50 dias.

Recipientes Para sua Horta Orgânica​ em Apartamento

Agora é o momento de ousar! Você pode optar por vasinhos reciclados feitos de latinhas de alumínio, garrafas PET, caixinhas de leite e potes plásticos. O importante aqui é que sejam feitos furinhos no fundo para que aconteça a drenagem. Pratinhos para captar a água que escorrer devem ser colocados de acordo com a necessidade do local. Veja aqui, no faça você mesmo, algumas ideias para personalizar seus potes.

Nas lojas as opções são infinitas, seja de cerâmica, plásticos, metais ou vidros. Contudo se você precisa trocar sua horta de local durante o dia para melhor captação de luz solar, busque alternativas de suportes que sejam leves e de fácil manuseio.

Assim, no momento da compra do pote vale a mesma recomendação anterior; escolha aqueles que possuam furinhos no fundo.

As floreiras são uma ótima opção para abrigar os potinhos, e as armações verticais feitas de madeira ou metal deixam qualquer parede muito charmosa. Tudo vai depender do espaço que você tem.

Lembre-se de esvaziar os pratinhos para não deixar água parada. Ou melhor ainda, coloque algumas gotas de água sanitária.

Passo a Passo da Horta Orgânica em Apartamento

Enfim, hora de sujar as mãos.

1º Passo​

Dependendo das ervas e verduras que você escolher, o tamanho do vaso faz diferença. Sendo assim, veja alguns exemplos.

  • Vasos com 10 cm de profundidade vai bem com cebolinha, salsinha e coentro.
  • Em vasos de 20 cm de profundidade plante manjericão, alface, rúcula, rabanete, berinjela, beterraba, agrião e outros cultivares de que podem ser colhidos jovens.
  • Vasos de 30 cm ou mais plante pimentão, pepino, abóbora, tomate, pimenta, cebola, e outras verduras.

2º Passo​

Logo após ter escolhido seu recipiente e verificado o tamanho, é hora de colocar a primeira camada. O importante aqui é ter em mente que as raízes das plantas devem respirar sem ficarem encharcadas. Para conseguirmos manter as raízes saudáveis devemos usar no fundo do pote pedrinhas de jardimargila expandidatelhas quebradas ou outro tipo de pedra que faça a drenagem da água em excesso.

3º Passo​

Em seguida, coloque uma manta ou um pedaço de pano de algodão que você tenha em casa. O objetivo da manta é não deixar que a terra escoe para cima das pedras junto com a água. Algumas pessoas utilizam nessa etapa a areia grossa no lugar da manta, que também é uma opção.

4º Passo​

Escolha agora um bom substrato, que nada mais é do que a terra preparada com componente orgânico, bem soltinho, onde você vai fixar as plantinhas e raízes ou sementes.

A fertilização vai depender da variedade da sua planta. Veja algumas dicas aqui.

5º Passo​

Caso esteja com pressa para desfrutar da sua horta, comece comprando as ervas jovens. Nos mercados e floras é muito comum você encontrar algumas espécies. Elas podem ser replantadas facilmente para sua jardineira ou pote, utilizando o substrato preparado.

Contudo, se prefere começar pelas sementes, escolhas as variedades de acordo com a melhor estação de plantio. Os saquinhos são encontrados muito facilmente para venda tanto na internet, quanto nos mercados. Além do mais, todas as informações que você precisa estão no verso do pacote.

Todavia, se optar por sementes, elas devem ser jogadas por cima da terra e depois disso só espalhe mais uma leve camada de terra. Bem leve mesmo.

Por último, caso seu vasinho esteja em algum local mais aberto, finalize com casca de árvores para evitar que a terra seque ou seja levada pelo vento.

Mantendo sua Horta Orgânica​ em Apartamento

Enfim, depois de todos os cuidados com a escolha do local e o plantio devemos dar atenção ao dia a dia da horta orgânica em apartamento. Use a criatividade e faça uma identificação charmosa para suas hortaliças. De fato, isso vai facilitar na hora de regar e verificar o solo.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.