Cacto Rabo-de-Macaco: Cultivo Simples e Descomplicado

planta flor de cera
Planta Flor-de-Cera: Dica Especial para Iniciantes
26 de março de 2024
Alamanda amarela flores brasileiras
Flores Brasileiras
8 de abril de 2024

Se você é daquelas pessoas que gostam de uma planta bem “diferentona”, o cacto Rabo-de-macaco é para você! Ele é uma mistura de beleza e exotismo. Só que com cuidados diários bem comuns, mesmo se você não é um expert em jardinagem. 

Ele vem direto das alturas da Bolívia, típico das florestas secas e savanas que ficam entre 1600 a 2000 metros acima do nível do mar.

E embora esse cacto esteja acostumado ao clima da região, com temperaturas amenas e baixa umidade, o Rabo-de-macaco pode se adaptar facilmente em outras regiões. Claramente, com os cuidados que vamos ver ao longo deste artigo.

A Beleza Única do Rabo-de-macaco

O que chama mais a nossa atenção ao vermos o cacto Rabo-de-macaco é sua forma pendente, rara entre os cactos que geralmente adotam posturas eretas ou globosas. 

Seu caule longo, decorado por espinhos brancos finos e macios, cria um visual bastante surpreendentemente suave e plumoso

Além disso, as flores tubulares, de um vermelho vibrante que surgem na primavera e no verão, são um presente magnífico dessa espécie. 

Cuidados Específicos para um Cacto Feliz

Então vamos ao mais importante: como ter e cuidar de um cacto Rabo-de-macaco em casa? 

O cacto Rabo-de-macaco gosta de Sol

Conhecido cientificamente como Cleistocactus colademononis, o Rabo-de-macaco é um amante do sol, e se você quer ver seu florescimento pleno, maravilhoso, saiba que ele precisa de muita luz.

Só que, embora ele seja resistente e adaptável, ele sempre vai preferir temperaturas amenas, entre 10° e 25°C. Mas essa é uma planta que se adapta bem a outros tipos de climas.

Sendo assim, aquele calorão, acima de 30°C a que estamos acostumados na maioria dos estados do país, também pode banhar o Rabo-de-macaco. 

Como contornar, na prática, a questão da temperatura, se você mora em locais onde ela é mais elevada? Acostumando o Rabo-de-macaco gradativamente ao sol escaldante, oferecendo inicialmente locais semissombreados, até chegar ao sol pleno em alguns meses.

Agora, em climas mais frios do sul do país, você precisa protegê-lo de geadas que podem danificar seus caules.

hastes pendentes do cacto rabo de macaco entre rochas

Um Cacto que gosta de Água

Sim, o Rabo-de-macaco não tem problemas com umidade. As suas hastes podem ser molhadas ou borrifadas com água, ele adora. Inclusive em seu habitat na Bolívia, ele cresce em rochas muitas vezes próximas a locais que escorrem água boa parte do ano.

Mas, antes de tudo, o substrato deve ser muito bem drenado, soltinho, aerado de forma que não acumule água.

E nem precisa ser o substrato típico para cactos, o Rabo-de-macaco fica muito bem em substrato orgânico, formado por terra, húmus de minhoca e casca de pinus por exemplo.

O mais importante aqui é prevenir o acúmulo de umidade nas raízes, justamente para fugir de qualquer chance de apodrecimento. 

Prevenindo Pragas e Doenças no Cacto

Apesar de sua resistência, o Rabo-de-macaco não está livre de pragas, como ácaros e cochonilhas. Temos que ficar de olhos bem abertos e fazer inspeções regulares.

Se você quiser mais dicas sobre os cactos, leia mais aqui.

Você tem um cacto Rabo-de-macaco em casa? Deixe seu comentário e conte-nos como você cuida dele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *