Jiboia, a melhor planta de interior

Plantas de Sombra Total
25 de março de 2020
Estante Para Plantas Dentro de Casa
18 de julho de 2020

Jiboia, uma das Melhores Plantas para Decorar sua Casa

Se você procura uma planta fácil de cuidar, que não requer regas constantes; a Jiboia é perfeita.

É a planta indicada para jardineiros iniciantes e que pretendem começar o seu jardim dentro de casa.

Até mesmo quando esquecida e com folhas aparentemente secas ou mortas a jiboia, na maioria dos casos, consegue se recuperar.

Ainda assim, existem alguns cuidados básicos que devem ser tomados para que você tenha uma planta saudável e de vida longa.

O que você vai ler aqui:

  • A Planta Jiboia na Natureza
  • Como Cultivar
  • Como reproduzir a Jiboia
  • Como plantar a Jiboia
  • Problemas mais comuns que podem acontecer som sua Jiboia
  • A Jiboia é tóxica
Planta Jiboia
foto: crocus.co.uk

A Planta Jiboia na Natureza

Como uma planta de origem tropical, a Epipremnum aureum ( nome científico) é nativa das Filipinas e outras ilhas asiáticas.

Quando jovem, suas folhas tem grandes manchas amarelas douradas, distribuídas irregularmente sobre o verde escuro. À medida que as plantas atingem a idade adulta, as manchas amareladas aumentam ou diminuem de acordo com a quantidade de luz disponível no ambiente.
Os caules tem um marmoreio amarelo variegado sobre o verde.

A Jiboia, também conhecida como Hera-do-Diabo e Jiboia-verde, pode ser cultivada em áreas externas sendo como trepadeira ou planta rasteira. Dentro de casa ou em jardins internos elas podem subir com apoio, ficam muito bonitas tanto em vasos pendentes, de parede ou comuns.

Seu caule desenvolve raízes aéreas que permitem se enroscar e abraçar outras espécies vizinhas, e como seu crescimento é muito rápido e constante, a Jiboia, por vezes, toma proporções tão enormes que acaba por estrangular o seu apoio. Por isso recebe o nome popular aqui no Brasil de Jiboia: cobra que mata suas presas sufocadas.

Quando cultivadas em ambientes externos seu crescimento e consequentemente seu tamanho se multiplicam.

As plantas cultivadas como forração, tem a característica de expandir-se em muitas ramificações e com folhas medianas. Geralmente, em ambientes sombreados por outras espécies, elas se desenvolvem rapidamente.

Já as plantas que crescem agarradas às árvores, ou como trepadeiras desenvolvem folhas enormes à medida que vão alcançando o topo, às vezes, recortadas e com um verde mais intenso.

foto: m.blog.naver.com

Como Cultivar

A Jiboia se adapta bem a qualquer ambiente; principalmente no interior de casa, a meia-sombra, ou sombra total com boa luminosidade ou ainda em sol pleno. Porém, quando cultivada em sol pleno, a planta deve sofrer adaptação gradual ainda jovem. Você vai saber que deve tirar sua planta do sol se suas folhas verdes ficarem amareladas e queimadas.

Se for plantar sua jiboia no jardim, cuide para que não seja exposta a temperaturas muito baixas.

Dentro de casa ou em jardins internos elas podem subir com apoio, tanto em treliças, aramados como também diretamente nas paredes. Além disso, ficam muito bonitas em vasos pendentes.

Quando na fase jovem, a jiboia tem diversos tons de verde e variegadas, ou seja, diferentes zonas de coloração na superfície das suas folhas. Se estiverem em luz intensa e direta do sol essa variação de cor pode se tornar mais acentuada e vistosa. As folhas são lisas e em formato de coração pontudo.

O tamanho das folhas varia muito, podendo chegar a 15 centímetros ou um pouco mais quando cultivada no interior, de acordo com o local ou vaso em que está. Vamos ver mais sobre envasamento a frente.

Planta Jiboia
foto: graceinmyspace.com

Como Reproduzir a Jiboia

Existem duas maneiras simples e práticas para propagar a Jiboia.

Por estacas: corte um pedaço do ramo, retire as folhas da base e enterre essa base no solo. Cuide para que a parte enterrada tenha um nó que é por onde as novas raízes irão surgir. Esse nó é onde a folha encontra o caule da planta. Contudo, se a parte que você cortou já tem aquelas pequenas raízes aéreas, melhor ainda, elas vão crescer facilmente.

Por folhas: nesse caso, a folha leva um tempo maior para obter as primeiras raízes se comparada a reprodução por estaca. Mas você terá um excelente resultado também. Corte uma folha com um pedacinho do caule junto e mergulhe a metade da folha em copo com água. Acompanhe seu desenvolvimento e deixe as raízes crescerem um pouco para só então passar para o vaso ou solo.

foto: isntthatcharming.com

Como Plantar a Jiboia

A Jiboia é uma planta tropical; em seu ambiente nativo ela cresce à sombra de outras plantas em meio a florestas e por isso gosta muito de umidade.

Por ter uma característica resistente, você pode cultivá-la em qualquer lugar da casa que tenha luminosidade.

Escolha uma mistura de terra vegetal e areia ou outra matéria orgânica e vermiculita, desde que seja um solo bem drenado; que é aquele que você rega e vê a água saindo por baixo.

É possível plantar a Jiboia em vaso sem furo, com argila expandida no fundo ou outro material drenável que não deixe a raiz encharcada. Contudo, neste caso, é um cultivo indicado para jardineiros mais experientes. Se você está iniciando prefira vaso com furos.

Utilize fertilizantes para folhagens na planta jovem pelo menos uma vez a cada estação (NPK 10 10 10, por exemplo). Tenha o cuidado de seguir as orientações da embalagem do produto. Lembre-se que o excesso de fertilização pode prejudicar sua planta.

Planta Jiboia
foto: lilyfashionstyle.com

Problemas mais comuns que podem acontecer com sua Jiboia

Apesar de ser uma planta muito fácil de cuidar e manter, ela não está livre dos excessos que talvez cometemos. Toque suas plantas e se familiarize com sua textura e delicadeza isso vai ajudar você a identificar e antecipar alguns problemas que possam aparecer.

  • Ressecamento das folhas: se observar que algumas folhas começam a ficar mais amarronzadas, com aparência diferente das outras, isso pode ser excesso de fertilizantes ou até mesmo água.
  • Formato estranho e amarelado das folhas: você percebe algumas folhas com bordas se enrolando ou murchas, a planta como um todo se volta para baixo, nesse caso pode ser a falta de água.
  • Pragas: não é comum insetos, ácaros, ou outras doenças na Jiboia, mas vale prevenir usando um pano úmido para limpar suas folhas.
alexpress.pt

A Jiboia é Tóxica

Mantenha seu vaso de Jiboia longe do alcance das crianças.

Bichinhos de estimação também estão sujeitos a intoxicação.

A ingestão de partes da planta pode causar inchaço dos lábios, boca e língua. Em casos mais severos, outras reações como vômito, diarreia e dificuldade de respirar podem ocorrer.

Leia mais sobre os componentes tóxicos da Jiboia e de algumas outras plantas aqui.

 

5 Comments

  1. Marly Aparecida Faria Moraes Carneiro disse:

    Gosto muito de plantas, mas o meu ambiente não bate sol então tenho muito dificuldade de manter um jardim. Tenho me dado bem com as suculentas.

    • Anne M. disse:

      Olá Marly, existem muitas plantas que podem viver por vários anos sem a incidência de sol direto.
      Dê uma olhada no nosso post de “Plantas de Sombra Total”.

  2. Patrícia disse:

    Oi Marly, gostaria de te sugerir uma planta muito linda e querida que é a Zamiocuca pra dentro de casa onde não bate Sol,ela gosta de sombra e muito pouca água,apenas umas borrifadas nas folhas duas ou três vezes na semana e ela esbanja beleza e alegria.

  3. Eliane disse:

    Amei!
    Tudo bem explicado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.